Presidente da NYSE mostra confiança na economia do Brasil

S O PAULO, 18 de agosto de 2010 - Discursando para uma platéia repleta de jornalistas, analistas e investidores, o presidente da NYSE, Duncan Niederauer, expressou sua confiança no momento vivido pela economia brasileira, e destacou os benefícios que uma listagem internacional pode trazer para as empresas que cada vez mais extrapolam os limites nacionais para ganhar o mundo globalizado.

"O Brasil tem uma grande importância para nós. Acreditamos que as empresas daqui estão preparadas para crescer e queremos fazer parte desse momento. A listagem na NYSE proporciona às empresas maior visibilidade e o acesso a um mercado com grande liquidez", explica.

Falando sobre a maior economia da América Latina, Duncan explicou como observa a consolidação das bases que podem levar a um futuro relevante nos negócios para o país. "O Brasil foi uma das primeiras nações a emergir da crise, e sua economia está aproveitando esse momento, apoiada não só nas exportações, mas na demanda doméstica também. Uma economia bem diversificada e um sistema bancário com alto nível de capitalização complementam o cenário animador", concluiu.

Atualmente cerca de 30 empresas brasileiras estão listadas na NYSE, com um valor de mercado total aproximado de US$ 700 bilhões de dólares. Diariamente, são negociados por volta de US$ 3,4 bilhões em ADRs brasileiras, um valor maior do que toda a BM&FBovespa.

Duncan ainda destacou que embora a velocidade de recuperação de cada país depois da crise tenha variado, uma análise geral do panorama financeiro hoje mostra pontos positivos, como o restabelecimento do faturamento das empresas, as taxas de juros baixas, os investidores com dinheiro para aplicação e o forte desenvolvimento de China, Índia e Brasil.

(Redação - Agência IN)