Pesquisadores debatem potencial do pinhão manso

S O PAULO, 18 de agosto de 2010 - O pinhão manso (Jatropha curcas) é vegetal rico em óleo e gordura, com potencial para produzir quatro mil quilos de óleo por hectare, para a produção de biocombustíveis. Discutir os avanços de conhecimento, as pesquisas sobre a cultura e experiências bem sucedidas em lavouras implantadas são os objetivos do 2º Circuito Nacional do Pinhão Manso, que acontece na próxima quinta-feira (19), em Colatina (ES). A primeira etapa foi realizada em Brasília, no ano passado, de acordo com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Segundo o coordenador-geral de Agroenergia do Ministério, Denilson Ferreira, a promoção da cultura do pinhão manso é estratégica no ministério "Estamos investindo em pesquisas, que buscam a domesticação e domínio tecnológico do pinhão manso, para difundir o conhecimento adquirido aos agricultores que desejarem cultivar a espécie", destaca Ferreira.

Durante o circuito, serão apresentados recentes avanços de pesquisa, os sistemas de produção do pinhão manso e casos de sucesso de seu cultivo. O encontro tem apoio do Mapa e é uma promoção da Associação Brasileira dos Produtores de Pinhão Manso (Abppm), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Prefeitura Municipal de Colatina.

(Redação - Agência IN)