Pecuarista dobra produção para manter receita de 1970

S O PAULO, 4 de agosto de 2010 - O boi gordo está valendo menos. Por ser tratar de uma commodity, existe a tendência de aumento na produção e um valor menor por unidade, assim como qualquer outro produto com as mesmas características, avalia Maria Gabriela Tonini, médica veterinária da Scot Consultoria. "Com isto, o produtor terá que ser cada vez mais eficiente para conseguir se manter na atividade", aponta.

Considerando a venda de 4 arrobas de boi gordo por hectare, enquanto na década de 1970 o produtor recebia o equivalente a R$ 704,50, na década de 1980 a receita passou para R$ 665,25, na década de 1990 para R$ 378,00 e na década de 2000 a receita com a venda de 4 arrobas passou para R$ 311,78. "De 1970 para cá a receita diminuiu 55%. isso sem considerar os custos, que estão em trajetória ascendente, desde então", avalia Tonini.

Atualmente o produtor em São Paulo recebe cerca de R$ 336,00 supondo que produza 4 arrobas por hectare. Para alcançar a receita da década de 1970, por exemplo, o produtor precisará atingir 8,4 arrobas por hectare.

(Redação - Agência IN)