Movimento de ajustes gera volatilidade no Ibovespa

S O PAULO, 4 de agosto de 2010 - Apesar de dados positivos da economia norte-americana, o Índice Bovespa opera com volatilidade nesta quarta-feira. O movimento reflete também o desempenho misto das blue chips Vale e Petrobras. Há pouco, o Ibovespa tinha leve alta de 0,09%, aos 68.061 pontos. O giro financeiro da bolsa estava em R$ 2,746 bilhões.

Para Bruno Lembi, economista da M2 Investimentos, o mercado ensaia uma realização desde a sessão de ontem. "É algo que já tinha começado na sessão anterior. Após 11 pregões seguidos de alta, em algum momento a realização viria. Os dados dos EUA vieram bons e isso segurou um pouco essa tendência", explicou.

Na agenda econômica norte-americana, hoje foi revelado que o número de empregos gerados no setor privado cresceu 42 mil vagas de junho a julho deste ano, segundo informou hoje a ADP National Employment Report. O número veio acima do estimado por analistas, de 25 mil novas vagas. De maio a junho, o dado foi revisado de 13 mil para 19 mil empregos.

Além disso, os pedidos de empréstimos hipotecários na semana encerrada em 30 de julho de 2010 cresceram 1,3% em relação à semana anterior, em dados sazonalmente ajustados.

Já no cenário interno, os papéis da Vale (PNA) e Petrobras (PN) operam em sentido oposto. Enquanto as ações da mineradora registravam perdas de 0,32%, as da petrolífera tinha ganhos de 0,76%. Lembi afirmou que o bom desempenho ocorre devido à definição do preço no processo de capitalização. "As ações já vinham com uma performance defasada o que melhora e aumenta as posições do investidores", completou.

Por sua vez, a Gafisa informou aumento de 68,4% no lucro líquido do segundo trimestre de 2010, somando R$ 97,269 milhões (R$ 0,2266 por ação) contra R$ 57,768 milhões (R$ 0,2216 por ação) registrados em igual período de 2009. Instantes atrás, os papéis da companhia tinham queda de 1,14%.

(Humberto Domiciano - Agência IN)