Mercados da Ásia começam a semana indefinidos

S O PAULO, 9 de agosto de 2010 - Os mercados asiáticos encerraram, assim como no fechamento da última semana, sem uma tendência definida, em um dia marcado por dados desanimadores dos Estados Unidos, em relação ao desemprego e uma possível medida da Reserva Federal (FED, sigla em inglês), de aumentar os investimenstos na compra de títulos, em uma tentativa de acelerar a recuperação da economia norte-americana.

Com o enfraquecimento da principal potência econômica, os economistas alertaram para uma provável queda na demanda por carros, eletroeletrônicos, produtos têxteis e outras mercadorias da região, que futuramente pode implicar na redução do volume de exportações no continente.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 subiu 0,72%, para 9.572,49 pontos, enquanto que em Seul, o índice Kospi subiu 0,36% para 1.790,17 pontos. Já em Xangai, o índice Xangai Composto recuou 0,53% para 2.672,53 pontos, e por fim, em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 0,57% e fechou aos 21.801,59 pontos.

(Gabriel Nunes - Agência IN)