Lugo, presidente do Paraguai, realiza cirurgia de urgência

S O PAULO, 4 de agosto de 2010 - O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, de 59 anos, foi submetido hoje (4) a uma cirurgia de urgência para a retirada de um gânglio na virilha. Lugo ainda está sob observação médica e deverá ter alta no começo da noite. Mas terá de manter o repouso até amanhã (5). As informações foram divulgadas, em comunicado oficial publicado na página da Presidência da República paraguaia.

Lugo fez um exame na manhã de hoje e, em seguida, a equipe do médico Nestor Martinez optou pela cirurgia de emergência. O material retirado do corpo do presidente foi enviado ao laboratório para análise. Só depois dos resultados será possível saber o diagnóstico.

No começo deste ano, Lugo fez uma cirurgia para extirpar um tumor maligno na próstata. Desde então, segundo assessores, faz um acompanhamento constante da saúde. Mas viu-se obrigado a adiar o exame realizado na manhã de hoje por causa de compromissos de trabalho.

Ontem (3) Lugo participou da 39ª Cúpula do Mercosul, em San Juan, na Argentina. Na semana passada, ele e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tiveram uma série de compromissos bilaterais. A expectativa é de que, durante o esforço concentrado do Congresso Nacional esta semana seja votado o Tratado de Itaipu, que determina a revisão no acordo entre os governos do Brasil e do Paraguai.

Pelo tratado, haverá um reajuste, de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões, na taxa anual de cessão paga pelo Brasil ao Paraguai pela energia não usada da Usina de Itaipu Binacional. Atualmente, o Brasil paga US$ 43,8 pelo megawatt-hora de Itaipu somados a US$ 3,17 pela cessão da energia que o Paraguai não precisa utilizar. As informações são da Agência Brasil.

(Redação - Agência IN)