Inadimplência das empresas recua em junho

S O PAULO, 16 de agosto de 2010 - O Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Inadimplência das Empresas caiu 1,6% em junho de 2010, o décimo quarto recuo mensal consecutivo. Tal movimento sinaliza que a inadimplência das empresas tenderá a diminuir ao longo da segunda metade de 2010.

A continuidade da expansão econômica brasileira, embora num ritmo mais brando do que o registrado durante o primeiro trimestre de 2010, constitui-se no principal elemento de contribuição à diminuição dos níveis de inadimplência das empresas brasileiras, salientam os economistas da Serasa Experian.

O objetivo dos Indicadores Serasa Experian de Perspectiva é antever, num horizonte de seis meses, em que fase do ciclo estarão as seguintes variáveis econômicas: (i) atividade econômica, (ii) concessões reais de crédito ao consumidor, (iii) concessões reais de crédito às empresas, (iv) inadimplência do consumidor e (v) inadimplência das empresas. Em geral, as variáveis econômicas apresentam ciclos compostos por quatro fases distintas: (1) expansão, (2) reversão, (3) crise e (4) recuperação. Os Indicadores Serasa Experian de Perspectiva mostrarão, justamente, a posição cíclica, para os próximos seis meses, de cada uma destas variáveis.

(MLC - Agência IN)