Grandes empresas puxam o crescimento da procura por crédito

S O PAULO, 17 de agosto de 2010 - Na classificação por porte as grandes empresas, com variação positiva de 1,6%, puxaram o crescimento da procura empresarial por crédito no mês de julho. As médias empresas cresceram 1% a sua busca por crédito no mês passado e a menor evolução positiva ficou por conta das micro e pequenas empresas (alta de 0,4% na procura por crédito em julho frente a junho). De acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda das Empresas por Crédito.

No acumulado de janeiro a julho de 2010, as grandes empresas lideraram a procura por crédito: crescimento de 12,1% na comparação com os primeiros sete meses de 2009. As micro e pequenas empresas totalizaram elevação de 8,6% na demanda por crédito durante ao período acumulado de janeiro a julho de 2009. Já as médias empresas registraram recuo de 8,5%, isto porque muitas delas são empresas exportadoras ainda encontrando um mercado externo pouco dinâmico e sujeitas a uma taxa real de câmbio relativamente valorizada.

Já o avanço da procura das empresas por crédito no mês de julho ocorreu em três regiões geográficas do país: Nordeste (1,8%), Sul (1,2%) e Sudeste (0,3%). Nas regiões Norte e Centro-Oeste as demandas das empresas por crédito caíram no mês passado 0,5% e 2,0%, respectivamente.

No acumulado do ano (janeiro a julho de 2010), a região Nordeste encontra-se na liderança do crescimento da demanda por crédito: alta de 11,1%. O Centro-Oeste surge na segunda colocação exibindo crescimento de 10,5% nos sete primeiros meses de 2010. A região Norte, com alta de 7,8% no acumulado do ano, aparece na terceira colocação, seguida de perto pela região Sudeste (crescimento de 7,2% frente ao período de janeiro a julho de 2009). Na última posição encontram-se as empresas da região Sul com crescimento de apenas 5,0% em suas demandas por crédito.

(MLC - Agência IN)