Exportações de agrocooperativas sobem 14% no 1º semestre

S O PAULO, 16 de agosto de 2010 - No primeiro semestre, as cooperativas agrícolas registraram crescimento de 14% nos valores exportados, passando de US$ 1,74 bilhão de janeiro a junho de 2009 para um volume de US$ 1,99 bilhão nos mesmos meses de 2010. Os números foram divulgados pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

De acordo com o Portal do Agronegócio, o saldo da primeira metade do ano também é levemente superior ao montante exportado pelas cooperativas no primeiro semestre de 2008, quando a turbulência internacional ainda não tinha se instalado. Na ocasião, esse grupo vendeu US$ 1,86 bilhão ao exterior. "Isso demonstra claramente que o fechamento deste ano será superior ao de 2009 e de 2008", previu o gerente de Mercados da entidade, Evandro Ninaut.

Há dois anos, esse setor exportou US$ 4,01 bilhões. "A nossa meta é ter um crescimento de 10% sobre 2009. E essa é uma expectativa tímida", acrescentou. No ano passado, as cooperativas venderam US$ 3,63 bilhões em produtos. Em relação ao volume das vendas, no entanto, constata-se uma estabilidade do primeiro semestre de 2009 para o de 2010, passando de 3,76 milhões de toneladas para 3,78 milhões de toneladas. O presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, salientou a tendência da recuperação dos preços das commodities no mercado internacional e a ampliação de mercados. De acordo com ele, os destaques são os países da Ásia, do Oriente Médio e da África.

(Redação - Agência IN)