Dólar acompanha movimento externo positivo e recua

S O PAULO, 17 de agosto de 2010 - Acompanhando o movimento positivo nos mercados internacionais a moeda norte-americana mantém desvalorização, há pouco, a divisa era cotada a R$ 1,754 para venda, com queda de 0,23%.

A perspectiva é de que a divisa norte-americana mantenha a tendência de queda no decorrer do dia. Operadores acreditam que o piso informal de R$ 1,75 continuará sendo preservado.

A divulgação de dados positivos sobre a economia dos Estados Unidos favorece a melhora dos principais ativos globais. O índice de preços ao produtor norte-americano (PPI, na sigla em inglês) subiu 0,2% em julho, primeira alta depois de 3 meses de deflação. Resultado em linha com o mercado. "Apesar da alta, a inflação segue fora do eixo das preocupações nos Estados Unidos", comenta José Francisco de Lima Gonçalvez, economista-chefe do Banco Fator.

Na sequência foi informado que a construção de casas nos Estados Unidos voltou a subir em julho, mas a alta foi de apenas 1,7%, inferior ao estimado pelo mercado. As licenças concedidas nos Estados Unidos para novas construções somaram 565 mil em julho deste ano, com retração de 3,1% na comparação com o mês anterior. O resultado veio abaixo do esperado pelo mercado, que projetava em torno de 573 mil. Um mês antes, o indicador apontou 583 mil licenças. O dado anterior foi revidado para pior, de uma alta de 2,1% para 1,6%. "Esse dado é um indicador antecedente das novas construções e não mostra um quadro muito animador", observa Gonçalvez.

Vale ressaltar que a produção industrial em território norte-americano apresentou avanço de 1% em julho depois ter recuado 0,1% em junho (de acordo com dados revisados - anteriormente havia sido informado alta de 0,1%).

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)