Conab projeta recorde de 147,1 milhões de toneladas de grãos

Agência Brasil

BRASÍLIA - O penúltimo levantamento da safra de grãos 2009/2010, divulgado nesta quinta-feira pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), indica que o país deve consolidar uma produção recorde em torno de 147,1 milhões de toneladas. O volume é 8,8% maior que o do último ciclo (135,13 milhões de toneladas) e 2% superior ao antigo recorde, de 144,1 milhões de toneladas, obtido na safra 2007/2008.

Segundo a Conab, os motivos do crescimento em relação ao levantamento anterior, divulgado há um mês, quando eram previstos 146,75 milhões de toneladas, são os reajustes dos dados da área plantada de milho em Goiás e Mato Grosso e da produtividade da soja no Rio Grande do Sul. A companhia também destacou a manutenção da produtividade do milho segunda safra em estados do Centro-Sul.

A produção total de soja, de acordo com o 11º levantamento da Conab, deve fechar em 68,47 milhões de toneladas, um aumento de 19,8% ou 11,31 milhões de toneladas a mais do que no ciclo 2009/2010. No caso do milho, a colheita deve ser de 54,38 milhões de toneladas, 6,6% maior ou cerca de 3,4 milhões de toneladas a mais do que na última safra.

Apesar do aumento da produção de grãos, a área total plantada no país teve redução de 0,7% (347,6 mil hectares) em relação à safra 2008/2009, ficando em 47,33 milhões de hectares. A pesquisa foi realizada por 59 técnicos da Conab com representantes de cooperativas e sindicatos, órgãos públicos e privados de todo o país entre 10 e 24 de julho.