Comitê da soja premia produtores

S O PAULO, 16 de agosto de 2010 - O Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB), entidade sem fins lucrativos criada em 2007 por profissionais ligados à cultura da soja no Brasil, premiará no próximo dia 18 de agosto em Brasília, os vencedores da 1ª edição do Desafio Nacional de Máxima Produtividade safra 2009/2010. O desafio teve como objetivo criar um ambiente nacional que estimulasse os produtores e técnicos recomendantes de todo o País a desafiar seus conhecimentos e incentivar o desenvolvimento de práticas inovadoras de cultivo, aumentando a produtividade de forma sustentável

O Desafio Máxima Produtividade é uma iniciativa pioneira do CESB, um comitê criado para promover estratégias que contribuam para elevar a produtividade sustentável, além de valorizar a cultura da soja brasileira, uma das mais importantes do País e que sua complexa cadeia movimenta mais de R$ 76 bilhões ao ano. Um dos objetivos do Comitê é estimular por meio da criação de estratégias sustentáveis, o aumento da produção média dos atuais 2.941 Kg/ha para no mínimo 4.000Kg/ha até 2020.

O resultado do desafio não poderia ter sido mais bem sucedido. Ao todo, mais de 800 produtores de 12 estados distintos se inscreveram, onde, na média, os 20 melhores projetos incrementaram sua produtividade em 72% em relação à média do Brasil na safra 2009/2010, número bem além das expectativas para a 1ª edição. "Os sojicultores brasileiros podem alcançar índices comparáveis aos melhores do mundo se houver incentivo, apoio institucional e incremento da pesquisa com emprego de modernas tecnologias. O Desafio 2009/2010 comprova isso", afirma Eltje Loman, presidente do CESB.

Os cinco agricultores e seus consultores técnicos vencedores do 1º Desafio Nacional de Máxima Produtividade safra 2009/2010 serão anunciados em uma sessão solene durante um jantar. O prêmio será uma viagem técnica aos principais centros de tecnologia e produção de soja dos Estados Unidos. "Será uma ótima oportunidade para os campeões trocarem experiências com os sojicultores americanos", observa o executivo.

Antes da premiação, durante o dia, os participantes também poderão acompanhar o Fórum Nacional de Produtividade, que discutirá temas técnicos pertinentes à produtividade e sustentabilidade da cultura da soja. Para enriquecer estas discussões estarão envolvidos os membros do CESB, pesquisadores da Embrapa, técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), professores de Universidades e representantes de diversas fundações brasileiras.

(Redação - Agência IN)