China: agora só EUA pela frente

Jornal do Brasil

PEQUIM - A China superou o Japão como a segunda maior economia do mundo no segundo trimestre do ano. O Produto Interno Bruto chinês foi superior ao japonês entre abril e junho: US$ 1,337 trilhão contra US$ 1,288 trilhão. No entanto, na soma dos seis primeiros meses do ano, o PIB do Japão foi de US$ 2,578 trilhões, contra US$ 2,532 trilhões da China no mesmo período. Mas a tendência é que o gigante asiático feche o ano na frente dos japoneses, consolidando-se como a segunda economia do mundo.

De acordo com o governo chinês, o crescimento do país foi de 11,1% no primeiro semestre deste ano sobre igual período do ano passado. A expansão do país vem registrando uma média anual de mais de 9,5%, desde que adotou reformas de mercado em 1978.

A China caminha para superar também os Estados Unidos e liderar o ranking global por volta de 2025, de acordo com projeções do Banco Mundial, do Goldman Sachs e de outros economistas. O PIB dos Estados Unidos ficou em torno de US$ 14 trilhões em 2009.

A economia, que deve fechar 2010 com um crescimento superior a 9%, já ficou no ano passado muito perto dos US$ 5,07 trilhões do PIB japonês, ao atingir US$ 4,98 trilhões.

A média anual de crescimento da China tem sido maior que 9,5% desde que o país realizou reformas de mercado em 1978. Há cerca de dez anos, a China possuía a sétima economia mundial. Em 2007, após superar a Alemanha, o PIB chinês tornou-se o terceiro maior do mundo.

O Japão foi a segunda maior economia mundial há quatro décadas, para o que ajudou nos anos 80 o chamado milagre econômico japonês.