Brasil está em expansão, mas falta profissionais capacitados

S O PAULO, 17 de agosto de 2010 - À medida que se estimula a economia da América Latina, nota-se que o Brasil está em expansão. "Porém, a falta de profissionais capacitados para preencher as vagas de executivos seniores é um problema crescente para muitas organizações", a afirmação é de Peter Felix, presidente da Associação de Consultores de Buscas Executivas (Aesc), que estará em São Paulo essa semana, especialmente para falar sobre Os Talentos que as Organizações Estão Valorizando, no Conarh 2010, maior evento de Recursos Humanos do Brasil.

De acordo com o levantamento "Executive Talent - A Key to Unlock Brazil's Future" (Talento Executivo - A chave para estimular o futuro do Brasil) elaborado pela Aesc, um dos maiores problemas é a falta de executivos de talento no País, resultado da combinação de fatores como falhas na educação pública e a 'evasão de cérebros' de executivos brasileiros para o exterior.

Segundo Peter Felix, o Brasil passa por um momento crítico em seu desenvolvimento. "Mesmo com um mercado consumidor doméstico em grande parte inexplorado e uma vasta gama de recursos naturais, o país cresce sob ameaça da falta de executivo de talentos, fruto de anos de instabilidade econômica e política, e investimentos inadequados em seu sistema de educação", diz o executivo.

As últimas décadas deixaram o Brasil vulnerável a restrições graves na busca pelos recursos administrativos necessários para um crescimento sustentado e equilibrado. O recrutamento e a retenção de executivos de talento serão questões cruciais para as empresas brasileiras em sua expansão doméstica e internacional. "Nosso relatório destaca essas questões fundamentais e enfatiza como os consultores de busca executiva podem ser parceiros importantes para abordar esses desafios significativos", finaliza Félix.

(Redação - Agência IN)