Banco Mundial pune bancos albaneses

S O PAULO, 9 de agosto de 2010 - O Banco Mundial informou hoje que puniu dois bancos albaneses por práticas fraudulentas em convênios do banco para obras no país. Segundo comunicado, as duas instituições, Rinia SK e DHV DEA, ficarão suspensas de projetos do Banco Mundial pelo período de dois anos.

"Durante o ano passado, temos trabalhado com nossos parceiros de desenvolvimento e acionistas para fortalecer os mecanismos globais anti-corrupção. Hoje, a aplicação do regime de exclusão cruzada aumenta os riscos para as empresas que se envolvem em corrupção", disse Stephen Zimmermann, diretor de Operações do Banco Mundial.

(HD - Agência IN)