Atividade manufatureira em NY registra leve alta em agosto

S O PAULO, 16 de agosto de 2010 - A atividade manufatureira da região de Nova York melhorou modestamente em agosto, de acordo com documento divulgado nesta sexta-feira pelo Federal Reserve do distrito de Nova York (Fed-NY). O índice de condições gerais de negócios subiu 2 pontos em relação ao nível de julho, para 7,1 pontos de 5,08 pontos no mês anterior. Os analistas esperavam 8,3 pontos.

Segundo à instituição, tanto em relação às novas encomendas quanto os embarques ficaram abaixo de zero pela primeira vez em mais de um ano, indicando que as encomendas e embarques declinaram de forma equilibrada, recuando 2,71 pontos e 11,50 pontos, respectivamente.

Os índices para os preços pagos e preços recebidos avançaram para níveis mais baixos, seguindo sua sequencia de quedas pela terceira vez consecutiva, retraindo 5 pontos para 20,0 no oitavo mês do ano. Ao contrário, os índices de emprego foram positivos e acima do reportado em julho, sugerindo que as horas trabalhadas e os níveis de ocupação do mercado de trabalho subiram durante o mês de agosto. O indicador subiu de 7,94 pontos em julho para 14,29 em agosto.

As perspectivas para os próximos seis meses estão enfraquecidas, segundo o Fed-NY, embora os índices futuros tenham ficado ligereiramente positivos, muitos caíram em agosto, com as notáveis exceções do futuro emprego e capital índices de gastos, que subiram após a queda no mês passado.

(SV - Agência IN)