Prêmios dos DIs abrem sinalizando queda

SÃO PAULO, 26 de julho de 2010 - Os prêmios dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) iniciam o dia sinalizando queda. Na BM&FBovespa, há pouco o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2011 projetava juro de 10,92%, contra 10,94% do ajuste anterior. Janeiro de 2012 apontava taxa anual de 11,63%, contra 11,70% do fechamento de sexta-feira.

Segundo o relatório do Bradesco, a curva de juros futuros não deve apresentar grandes movimentos no decorrer do dia, com pequeno viés de baixa.

Nesta manhã a Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou que quatro das sete capitais analisadas tiveram decréscimos na taxa de variação do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) na terceira medição de julho. A média nacional do IPC-S registrou variação de -0,14% no período.

Já o boletim Focus divulgado pelo Banco Central (BC) revelou que a estimativa de inflação (IPCA) para 2010 caiu de 5,42% para 5,35%. Para 2011, a taxa permaneceu em 4,80% pela 15ª semana consecutiva.

Ainda de acordo com o boletim, a estimativa para a taxa básica de juros (Selic) recuou. As apostas dos analistas para a Selic deste ano caiu para 11,75% ante os 12% da semana anterior, enquanto para o próximo ano, a expectativa manteve-se em 11,75%, pela sexta semana.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)