Copa do Mundo adiciona um ponto ao crescimento do PIB da África do Sul

Agência AFP

JOHANNESBURGO - A África do Sul terá mais um ponto de crescimento econômico em 2010 graças ao efeito da Copa do Mundo, disputada entre 11 de junho e 11 de julho, anunciou na quinta-feira à noite o Ministério de Finanças do país.

"Tínhamos calculado que o Mundial acrescentaria meio ponto de crescimento este ano. Mas, levando-se em consideração os gastos para a construção dos estádios e as infraestruturas, teremos um ponto a mais de PIB que não teríamos sem o Mundial", disse Pravin Gordhan em um jantar com empresários.

No mês de janeiro, o governo havia previsto uma taxa de crescimento do produto interno bruto (PIB) de 2,3% em 2010, incluindo o meio ponto gerado pela Copa.

A África do Sul gastou mais de 4 bilhões de euros para preparar o evento. A organização da Copa do Mundo trouxe também outros benefícios difíceis de quantificar, como o da "recuperação do orgulho nacional", que segundo o ministro também terá um impacto econômico a médio prazo.

"O torneio também mostrou ao resto do mundo a nossa capacidade de construir infraestruturas de grande qualidade", acrescentou Gorhan.

Apesar das dúvidas de alguns observadores, o Mundial foi disputado sem problemas em dez estádios novos ou renovados de todo o país.