Renova Energia anuncia realização de IPO

SÃO PAULO, 25 de junho de 2010 - A Renova Energia informou nesta sexta-feira que irá realizar uma Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla em inglês), sob a coordenação do Banco Santander e do Banco Merril Lynch.

Segundo o comunicado da empresa, haverá também a participação de determinadas instituições financeiras integrantes do sistemas de distribuição de valores mobiliários e de intermediários autorizados a operar na BM&FBovespa no Brasil.

No front externo, as operações serão coordenadas por agentes de colocação internacional, por meio dos mecanismos de investimento regulamentados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), Banco Central (BC) e Comissão de Valores Mobiliários (CVM ).

A Renova informou também que será aprovado oportunamento aumento de seu capital social pelo Conselho de Administração da Companhia, dentro de seu limite autorizado, com emissão de novas ações ordinárias e preferenciais, representadas por Units, no âmbito da Oferta.

O preço por Unit, no âmbito da Oferta, e o valor total do aumento de capital será fixado pelo Conselho de Administração da Companhia. O lançamento dos IPOs será realizado no Brasil por meio de Oferta de Varejo, com a distribuição de, no mínimo, 10% e no máximo 20% das units da oferta e Oferta Institucional, com a distribuição de Units realizada junto a investidores institucionais.

Segundo a empresa, não serão admitidas reservas antecipadas para os investidores institucionais. A quantidade total de Units inicialmente oferta poderá receber um acréscimo de 15%, passando para 1.500 milhão.

(Redação - Agência IN)