Ibovespa descola da cena externa e avança 0,59%

SÃO PAULO, 25 de junho de 2010 - O Índice Bovespa opera com leve alta nesta sexta-feira, impulsionado pela melhora no desempenho das ações da Petrobras. Diante disso, há pouco, o Ibovespa tinha ganhos de 0,59%, aos 64.313 pontos. O giro financeiro da bolsa estava em R$ 1,274 bilhão.

No cenário externo, os dados de economia norte-americana vieram mistos. No início do dia foi divulgado que o Produto Interno Bruto Real (PIB) dos Estados Unidos registrou acréscimo de 2,7% no primeiro trimestre de 2010, na comparação com os três meses anteriores.

Por outro lado, o índice de confiança do consumidor norte-americano subiu em junho para o melhor nível desde 2008. O sentimento, medido pela Universidade de Michigan, subiu para 76,0 pontos no sexto mês do ano, ante os 73,6 pontos de maio e 75,5 nas primeiras prévias do mês de junho.

Por aqui, os papéis da Petrobras apresentam ganhos de 1,67%, aos R$ 27,95. Hoje a petrolífera negou que pense em um plano B para a sua capitalização. Em comunicado, a empresa afirmou que a cessão onerosa e a capitalização da companhia, apesar de fazerem parte do mesmo projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional, são operações juridicamente distintas.

"Os investidores estão mantendo investimentos na bolsa por conta das perspectivas positivas da economia brasileira. Por conta disso, as operações de hoje descolam um pouco do cenário externo, que opera de lado", afirmou André Perfeito, economista da Gradual Investimentos.

Já as ações do setor de mineração e siderurgia apresentavam desempenho diverso. Enquanto as ações da Vale (PNA) subiam 0,16%, cotadas a R$ 41,32 as da Gerdau (PN) apresentavam recuo de 0,44%, aos R$ 24,79.

(Humberto Domiciano - Agência IN)