Saúde libera R$ 48 milhões para estados afetados

SÃO PAULO, 24 de junho de 2010 - O governo federal autorizou a liberação de R$ 48,7 milhões para medidas emergenciais de recuperação e ampliação do acesso da população a serviços de saúde em Alagoas e Pernambuco, estados afetados por fortes enchentes, conforme informou o Ministério da Saúde.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (24), pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às regiões atingidas, da qual participou também o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. A Medida Provisória que formaliza a liberação dos recursos deve ser publicada nesta sexta-feira (25).

Os recursos para a saúde nos dois estados se somam a outros R$ 500 milhões anunciados nesta quinta-feira pelo governo federal. Serão utilizados na reconstrução da área física e reposição de equipamentos de 94 Unidades Básicas de Saúde, sendo 51 em Pernambuco e 43 em Alagoas, e de seis hospitais, dos quais cinco estão localizados em Pernambuco e um em Alagoas. Somente na recuperação dessas unidades serão investidos R$ 16,9 milhões.

A Medida Provisória permitirá ainda o reforço na Estratégia de Saúde da Família nos dois estados, com o custeio de 233 novas equipes para atuação nos municípios que decretaram estado de emergência ou calamidade. Do total de novas equipes, 118 serão implantadas em Pernambuco e 115 em Alagoas.

Com os recursos anunciados serão adquiridos ainda insumos básicos de saúde, como medicamentos e material de consumo. A recuperação do atendimento nos dois estados prevê ainda um reforço na assistência hospitalar, com a ampliação da assistência, internação, atendimentos ambulatoriais, além de urgência e emergência em cinco hospitais de Pernambuco e 19 hospitais de Alagoas.

(Redação - Agência IN)