Inflação na capital paulista é a menor desde julho de 2006

Agência Brasil

SÃO PAULO - A inflação na cidade de São Paulo atingiu a menor taxa dos últimos 4 anos , ficando abaixo de zero (-0,08%), na terceira prévia de junho, ante 0,03%, constatado na pesquisa anterior da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). A taxa foi a menor desde a primeira prévia de julho de 2006 (-0,19%).

Pela terceira vez consecutiva, os alimentos apresentaram queda na média de preços (-1,21%). Na apuração anterior, o índice havia apresentado queda de 0,83% e na primeira prévia do mês, -0,43%.

A queda mais expressiva ocorreu no segmento de produtos in natura (-4,54%), principalmente, hortaliças e frutas. As carnes bovinas ficaram em média 0,34% mais baratas, e as aves, -1,63%. No grupo de cereais, os destaques são o arroz (-061%) e o feijão (-0,77%).

O grupo transporte continuou em baixa (-0,12%), embora tenha se recuperado na comparação com a prévia anterior (-0,18%). Também houve redução no ritmo de alta em três grupos: habitação (de 0,25% para 0,17%); saúde (de 0,94% para 0,69%) e vestuário (de 0,73% para 0,54%).

O único grupo com taxa acima da pesquisa anterior foi despesas pessoais (de 0,50% para 0,67%). Em educação, o IPC manteve-se estável em 0,05%.