Agenda doméstica centra atenção e taxas dos DIs recuam

SÃO PAULO, 24 de junho de 2010 - As projeções de juros futuros operam em queda nesta quinta-feira, com os investidores avaliando novos dados econômicos internos. Na BM&FBovespa, há pouco o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) de janeiro de 2011 apontava taxa anual de 11,29%, ante 11,31% do ajuste anterior.

Internamente, a inflação desacelera e dados sobre emprego vieram pior que o esperado. Esses indicadores acabam fortalecendo o movimento de queda da curva de juros futuros.

Pela manhã foi informado que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) no município de São Paulo, medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP), desacelerou para um nível negativo, chegando a -0,08% na terceira quadrissemana de junho, inferior ao índice da segunda, que foi de 0,03%. O dado superou o piso das expectativas do mercado, destaque para a expressiva queda do preço dos alimentos e transporte.

Segundo a equipe econômica do Bradesco, enquanto persistir a deflação em alimentação dificilmente se observará índices pressionados, porém é importante lembrar que os núcleos da inflação não têm cedido na mesma magnitude do índice como um todo, o que corrobora para uma inflação pressionada no ano.

Ainda na agenda doméstica, foi divulgado que a taxa de desemprego medida pelo Instituto Brasileiro da Geografia e Estatística (IBGE) em maio foi de 7,5%, maior que a projeção do mercado (mediana de 7,1%). Essa taxa é o menor valor da série histórica para esse mês, estando consideravelmente abaixo do número visto em maio de 2009 (8,8%) e em maio de 2008 (7,9%). A taxa de desemprego dessazonalizada pelo Banco Fator subiu pela primeira vez desde dezembro, de 6,6% em abril para 7,1% em maio, o mesmo nível visto em março.

Economistas comentam que um mercado de trabalho mais aquecido gera preocupações sobre o aumento da demanda e seu impacto na inflação, o que pede alta de juros. A taxa de desemprego em alta, como foi divulgado, ameniza esse cenário.

(Maria de Lourdes Chagas - Agência IN)