Empresas têm até o dia 30 para entrega de documentos fiscais

SÃO PAULO, 17 de junho de 2010 - Junho será um mês movimentado para os departamentos contábeis das empresas no país. Isso porque, até o próximo dia 30, as instituições tributadas pelo Lucro Real e sujeitas ao acompanhamento econômico-tributário diferenciado serão obrigadas à entrega de três documentos fiscais: a Escrituração Contábil Digital (ECD), Controle Fiscal Contábil de Transição (Fcont) e Declaração do Imposto de Pessoa Jurídica (DIPJ). Dada a complexidade destas operações, muitas empresas têm recorrido a soluções tecnológicas disponíveis no mercado para garantir a qualidade das informações que serão enviadas ao Fisco.

Os consultores da IOB, empresa líder no mercado de informações regulatórias, destacam que tais operações demandam muita atenção e o atraso na entrega pode trazer graves conseqüências às empresas. Contudo, além do prazo, os consultores destacam que é necessário estar atento à qualidade das informações transmitidas: com a informatização do sistema, eventuais disparidades nas informações enviadas são facilmente identificadas, gerando risco de autuação e multa para as empresas. Com as tecnologias disponíveis, além de assegurar que não há incompatibilidade entre os dados transmitidos, as empresas se beneficiam com uma maior agilidade dos processos fiscais.

(Redação - Agência IN)