Bolsas dos EUA abrem sessão em baixa

SÃO PAULO, 16 de junho de 2010 - Os principais índices acionários norte-americanos abriram o pregão desta quarta-feira em baixa. Há pouco, na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), o índice Dow Jones Industrial Average caía 0,23%, aos 10.380 pontos. O S&P 500 perdia 0,11%, aos 1.114 pontos. E na bolsa eletrônica, o índice composto Nasdaq desvalorizava 0,54%, aos 2.293 pontos.

Dentre as notícias, os investidores acompanham alguns números importantes sobre a economia do país. A construção de residências registrou decréscimo de 10% em maio de 2010, em relação ao mês anterior. A taxa anual foi de 593 frente as 659 mil construções em abril (dado revisado).

Já o Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês), apresentou declínio de 0,3% em maio de 2010. Em abril, o índice havia recuado de 0,1%. Enquanto que o núcleo do indicador (Core PPI), que exclui os preços de alimentos e de energia por serem analisados como voláteis, cresceu 0,2% em maio contra alta de 0,2% no mês anterior.

Por outro lado, a produção industrial norte-americana subiu 1,2% em maio deste ano, frente ao mês anterior. Na variação anual, o avanço foi de 7,6%.

No lado corporativo, as atenções se voltam para a notícia de que as financeiras hipotecárias norte-americanas Fannie Mae e Freddie Mac anunciaram que se retiram da cotação na bolsa. Ambas entidades disseram que receberam ordem de tomar essa medida da autoridade reguladora da bolsa, a Agência Federal de Financiamento Imobiliário (FHFA).

(Redação - Agência IN)