Polônia firma acordo preventivo com o FMI

SÃO PAULO, 15 de junho de 2010 - A Polônia firmou acordo preventivo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) no valor de ? 20,1 bilhões. Os recursos devem ser liberados no começo de julho e foram resultado de conversas do Fundo com o gabinete de governo polonês.

"A Polônia resistiu à crise global bem, sendo a única economia da União Europeia que evitou recessão em 2009. Isso aconteceu, em parte, ao grande mercado interno e à resiliência limitada das exportações, que, juntamente com um bem capitalizado e rentável sistema bancário, contendo as repercussões negativas da crise", afirmou John Lipsky, primeiro vice-diretor do FMI.

(HD - Agência IN)