Empréstimos hipotecários nos EUA recuam 12,2%

SÃO PAULO, 9 de junho de 2010 - O número de solicitações de empréstimos hipotecários teve retração de 12,2% na semana encerrada no dia 28 de maio, ante a semana anterior, já com ajustes sazonais. Sem o ajuste sazonal, o índice recuou 21,1% no mesmo período citado.

O subíndice de compra apresentou queda de 5,7% com relação à semana anterior. Por sua vez, as solicitações de refinanciamentos imobiliários de hipotecas já existentes caíram 14,3%. Ambos ajustados sazonalmente.

"Os subíndices e os financiamentos caíram nesta semana, mesmo depois de ajustes para o feriado do Memorial Day. Os subíndices são agora 35% abaixo do seu nível de quatro semanas atrás, provavelmente devido aos consumidores domiciliares ainda não terem voltado ao mercado após o vencimento do crédito fiscal no final de abril", disse Michael Fratantoni, Vice presidente de Pesquisa e Economia da Mortgage Bankers Association (MBA) .

"Embora as taxas tenham permanecido essencialmente planas, os pedidos de refinanciamentos cairam na semana passada, pela primeira vez em um mês. Apesar de as taxas estarem historicamente baixas, muitos proprietários já refinanciaram recentemente, permanecendo "debaixo d'água" em suas hipotecas, ou têm situações de emprego incerto ou devido a crise de crédito, não têm qualificações para financiamentos".

Se levar em consideração a média das últimas quatro semanas, o dado mostrou queda de 0,7%. O subíndice de compra registrou perdas durante esta semana na comparação com a anterior, de 11,7% e os refinanciamentos apontaram acréscimo de 3,6%.

As informações são da Mortgage Bankers Association (MBA), que faz a análise de novos pedidos hipotecários e refinanciamentos de empréstimos imobiliários semanalmente.

(SV - Agência IN)