Decisão do BC é acertada, segundo Daoud

SÃO PAULO, 9 de junho de 2010 - A decisão do Banco Central (BC) de elevar a taxa Selic em 0,75 ponto percentual (p.p.) sinaliza que a entidade vai continuar elevando os juros nos próximos encontros diante de um processo inflacionário persistente, segundo avaliação de Miguel Daoud, diretor da Global Financial Advisor.

O Comitê de Política Monetária (Copom) anunciou, há pouco, que aumentou 0,75 ponto percentual (p.p.), por unanimidade, a taxa básica de juros para 10,25% ao ano, sem viés.

"Esta foi uma medida acertada pelo Banco Central, porque a demanda está muito aquecida ocorrendo uma diferença entre a oferta", acrescentou Daoud afirmando que infelizmente a operação vai custar para o governo em torno de R$ 6 bilhões anualmente.

(Déborah Costa - Agência IN)