Crescimento da economia va ajustar valor nominal do superávit primário

Agência Brasil

BRASÍLIA - O secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, admitiu nesta quarta-feira, dia 9, que o governo terá que fazer ajustes no valor nominal do superávit primário a economia que o país faz para honrar compromissos financeiros -, depois do anúncio de ontem do crescimento da economia no primeiro trimestre deste ano. A meta de superávti primário estabelecida para este ano é de 3,3% do PIB.

- A meta para [o superávit primário é um percentual do PIB], portanto, toda vez que se alteram as projeções nominais do PIB, a meta acompanha.

Arno Augustin fez as declarações depois de participar de audiência pública na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, onde falou sobre execução orçamentária. Segundo ele, os possíveis ajustes nos valores do superávit primário não chegam a ser uma preocupação do governo neste momento.