Telecom: italiana abre fábrica no país

Jornal do Brasil

DA REDAÇÃO - Com foco no mercado brasileiro, a italiana Onda Mobile Communication planeja abrir uma fábrica no Brasil ainda este ano. O presidente da companhia, Vincenzo di Giorgio, explica que ainda está em estudo a localização, mas que deve ficar no Rio ou em São Paulo.

A fábrica, que inicialmente deve montar os aparelhos, precisa ficar próxima dos consumidores. O Brasil, pela situação econômica e pelas projeções, é um mercado promissor, além de servir como porta de entrada para outros países da América Latina destaca Giorgio.

Chega nas lojas esta semana o aparelho OTV1000 da empresa italiana, líder no mercado de mini moden, em parceria com a TIM. Giorgio explica que o celular, com acesso à TV Digital, também deve ser vendido em redes de varejo e pode vir a ter parceria com outras operadoras. Para o executivo, a Copa do Mundo ajuda a impulsionar as vendas, mas o mercado interno é expressivo mesmo depois do evento esportivo.

O primeiro lote de aparelhos fica em torno de 50 mil unidades e custa em torno de R$ 400 cada diz Giorgio, destacando que a empresa pretende se consolidar no Brasil e reinvestir o lucro no país, estimado em R$ 20 milhões este ano.

O diretor de suprimentos e logística integrada da TIM, Daniel Hermeto, destaca que o aparelho reúne atrativos importantes para o mercado interno: a função touchscreen e acesso à TV digital.

O preço OTV1000 é muito competitivo. Já percebemos que a encomenda foi subdimensionada, e que a demanda vai ser superior às 50 mil unidades comemora Hermeto