Governo retira urgência da votação sobre a Petro-Sal

Agência Brasil

BRASÍLIA - O governo retirou nesta terça-feira a urgência do projeto de lei que cria a nova empresa estatal Petro-Sal, conforme acordo com a oposição. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), leu em plenário o pedido de retirada da urgência.

Com isso, o projeto deve passar pelas comissões de Constituição e Justiça, Infraestrutura e Assuntos Econômicos da Casa. A previsão de integrantes do governo e da oposição é que o projeto será votado em plenário no dia 16 de junho.

Antes dessa votação, serão votados os projetos de criação do Fundo Social e de capitalização da Petrobras, nos dias 8 e 9 respectivamente.