Custo de manutenção da paz aumenta em 2009

SÃO PAULO, 1 de junho de 2010 - As operações militares de manutenção da paz no mundo, particularmente no Afeganistão, aumentaram em termos de pessoal e custos em 2009 e atingiram novos recordes, segundo um relatório publicado nesta terça-feira pelo Sipri (Stockholm International Peace Research Institute).

No total, 54 "operações de manutenção da paz" ocorreram no mundo no ano passado com "um custo conhecido de US$ 9,1 bilhões (? 7,4 bilhões)", ou seja, um novo recorde, segundo o Sipri.

Em termos de pessoal deslocado em 2009, foi atingido um recorde de 219.278 pessoas (89% militares e 11% civis), o que significa um aumento de 16% em relação a 2008, afirmou o instituto.

"Este aumento está relacionado com o esforço das tropas em locais de operações já existentes de manutenção da paz, em especial na Força Internacional de Assistência e Segurança (Isaf)", segundo o relatório.

Os Estados Unidos conseguiram "mais do que dobrar" sua presença no Afeganistão no ano passado e os gastos desses países devem superar em 2010 os previstos para o Iraque, com US$ 65 bilhões e US$ 61 bilhões previstos, respectivamente, para ambos os países na proposta de orçamento de 2010, informou o Sipri.

Os gastos operacionais também incluem a luta contra o terrorismo e a droga, afirmou o relatório.

(Redação com AFP - Agência IN)