Celular lidera preferência para o Dia dos Namorados

SÃO PAULO, 1 de junho de 2010 - A Pesquisa Serasa Experian para o Dia dos Namorados 2010 apresenta empresários otimistas, sobretudo nas grandes e médias empresas. Os das pequenas empresas guardam um certo grau de cautela, por conta do acesso ainda restrito ao crédito e por não ter condições de empreender promoções na data nas mesmas condições dos estabelecimentos maiores.

Segundo os economistas da Serasa, a expectativa de continuidade da elevação dos juros, resultante do aperto monetário, pode estar influenciando a opinião dos varejistas, que já não apontam, com quase unanimidade, a evolução do faturamento de seu negócio. Além disso, é certo que no intervalo entre o Dia das Mães e o dos Namorados o varejo está investindo nas promoções de eletrônicos, principalmente TV's de alta definição e por isso o varejo não crê em impactos da Copa no Dia dos Namorados. De forma que o consumidor já carrega um endividamento maior nas proximidades do Dia dos Namorados.

A pesquisa mostra uma preferência ligeiramente superior para as compras à vista, na comparação com a data de 2009. Na mesma base, os varejistas alinham alguns presentes que devem ganhar participação: perfumaria e cosméticos, jóias e relógios, eletrônicos e eletrodomésticos, vários deles normalmente adquiridos com pagamento parcelado. Destaca-se que o celular, repetindo o ano passado, está no topo das preferências, por conta das novas tecnologias que são agregadas aos aparelhos.

No que diz respeito às formas de pagamento, o cartão de crédito vem ganhando posições, tanto nas vendas à vista quanto a prazo. Em relação à expectativa de faturamento ser maior no Centro-Oeste, Norte e Nordeste, deve-se à junção de três grandes eventos: o Dia dos Namorados, a Copa do Mundo e as Festas Juninas, que são importantes para o comércio destas Regiões.

(SSB - Agência IN)