Indústria eletrônica prevê bom desempenho para 2010

SÃO PAULO, 31 de maio de 2010 - Para 76% da indústrias de eletroeletrônicos do País, o faturamento no segundo trimestre deste ano deverá ser superior ao apurado um ano antes, segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira das Indústrias Elétricas e Eletrônicas (Abinee).

Ainda segundo o estudo, 11% das empresas do setor esperam que o faturamento recue, enquanto 13% esperam estabilidade.

Para 2010, o faturamento total previsto é de R$ 125,6 bilhões, com crescimento de 12% ante 2009. Sendo que todas os segmentos do setor estimam expansão para este ano, que variam entre 7% (Componentes Elétricos e Eletrônicos) e 15% (Equipamentos Industriais, Utilidades Domésticas e Informática).

Para a instituição, o mercado interno deverá continuar sendo o grande responsável pelo crescimento desta indústria, uma vez que as exportações devem permanecer no mesmo patamar do ano passado, "visto que não há perspectiva de correção da política cambial".

Já as importações devem continuar a trajetória de crescimento, segundo a Abinee, devendo atingir US$ 30 bilhões neste ano, 20% acima do registrado em 2009.

Por sua vez, o número de trabalhadores na indústria elétrica e eletrônica deverá atingir 172 mil funcionários até o final deste ano, 12 mil acima do apurado em dezembro de 2009.

(Carina Urbanin - Agência IN)