Disputa por Ptax orienta dólar pela manhã

SÃO PAULO, 31 de maio de 2010 - Os feriados de Memorial Day nos Estados Unidos e bancário no Reino Unido reduzem a liquidez global, mas ajudam a manter o tom positivo dos negócios. No fim da manhã, a BM&FBovespa se mantinha no azul, enquanto o dólar avançava 0,44%, cotado a R$ 1,816 na compra e R$ 1,818 na venda. A tradicional disputa pela formação da Ptax ajuda a orientar o câmbio.

Com as preocupações um pouco de lado relacionados à economia Europeia, os investidores voltam seus olhares para China. Segundo informações da agência de notícias Xinhua, os preços de gasolina e diesel no país serão reduzidos a partir de amanhã, com o intuito de minimizar as pressões inflacionárias locais. A medida é interpretada com mais um sinal de que a elevação da taxa básica de juros será postergada.

"A medida é positiva nesta momento em que um esfriamento na China poderia trazer ainda mais solavancos para um mercado que vê sinais irregulares de recuperação nos EUA e problemas de endividamento na Europa", comenta um operador.

Internamente, os investidores avaliam a última edição do boletim Focus. No documento semanal, os agentes de mercado melhoraram as projeções para a economia brasileira. A estimativa de crescimento do país em 2010 passou de 6,46% para 6,47%. A taxa básica de juros deve encerrar o ano em 11,75% e o câmbio finalizar o período em R$ 1,80.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)