Venda on-line deve movimentar 40% a mais neste dia dos namorados

SÃO PAULO, 28 de maio de 2010 - Os gastos com o dia dos namorados deverão movimentar R$ 550 milhões em 2010, com acréscimo nominal de 40%, na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram movimentados R$ 393 milhões. A estimativa foi divulgada hoje pela e-bit, empresa especializada em informações de e-commerce. O período de vendas entendido pela e-bit para a data sazonal é entre 29 de maio e 12 de junho.

Ainda segundo a pesquisa, produtos de informática estão entre os mais cotados para a data, especialmente Notebooks, além de Perfumes e Cosméticos, Flores e Cestas e Telefonia Celular. No entanto, TV's de tela plana devem ser o carro-chefe para esse Dia dos Namorados, principalmente por influência da Copa do Mundo.

Segundo o diretor geral da e-bit, Pedro Guasti, o e-commerce deverá tirar proveito do aquecimento do mercado e faturar alto nessa data comemorativa. "Mesmo não tendo a mesma força do Natal e Dia das Mães, o Dia dos Namorados deve contribuir como nunca para o varejo eletrônico, principalmente se pensarmos nas grandes promoções feitas pelas lojas, aproveitando o gancho da Copa do Mundo", explica o executivo.

Com a expectativa de vendas de produtos com maior valor agregado, o tíquete médio também deve ganhar destaque na data: R$ 375. Em 2009, o valor médio das compras foi R$ 330.

(Redação - Agência IN)