Mapa define critérios para inspeção de mamão

SÃO PAULO, 28 de maio de 2010 - O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou hoje que estabeleceu critérios para inspeção em plantações de mamão destinadas a exportação para os Estados Unidos. As regras constam na Instrução Normativa nº 17 publicada hoje, no Diário Oficial da União (DOU).

Segundo comunicado, o objetivo da fiscalização é identificar e eliminar plantas infectadas pelo vírus da meleira (Papaya meleira virus) e do mosaico ou mancha anelar (Papaya rinspot virus), pragas que atingem o pomar.

De acordo com a norma, os produtores devem realizar inspeções semanais para monitorar sintomas das doenças e destruir as plantas infectadas. O cumprimento da ação deverá inspecionado, pelo menos uma vez ao ano, pelos órgãos estaduais de defesa sanitária vegetal. A legislação define ainda que os fiscais deverão recolher amostras de folhas e frutos com sintomas dos vírus da meleira ou do mosaico para diagnóstico em laboratório oficial ou credenciado.

O principal sintoma da meleira é o aparecimento de um líquido branco viscoso (látex) nos frutos que escorre para as extremidades das folhas mais novas que se queimam e ficam amarronzadas. Nas plantas doentes há mais três meses há também o surgimento de manchas na cor verde clara. A praga causa, em média, perdas de 20% do pomar.

(Redação - Agência IN)