Bolsas de valores operam voláteis

SÃO PAULO, 28 de maio de 2010 - Os principais índices acionários do mundo operam voláteis na sessão de hoje. Sem notícias de peso na Europa, os investidores acompanharam a divulgação de indicadores econômicos nos Estados Unidos. Vale lembrar que o mercado se prepara para um final de semana prolongado nos Estados Unidos e no Reino Unido, já que nestes países, segunda-feira será feriado.

E nos Estados Unidos, hoje foi revelado que a renda dos consumidores apresentou alta de 0,4% em abril, ante o mês anterior e os gastos pessoais avançaram menos de 0,1%. Ambos os dados vieram levemente abaixo do previsto.

No mesmo sentido, a atividade industrial na região de Chicago recuou para 59,7 pontos em maio, ante estimativa de 62 pontos. Já o índice de confiança do consumidor norte-americano subiu para 73,6 pontos em maio. O dado veio em linha com o esperado pelo mercado.

Instantes atrás, os principais índices acionários norte-americanos operavam com perdas, entretanto, inferiores a 0,5%. Já na Europa, os índices encerraram a sessão em direções opostas. Ao final dos negócios, o índice FTSE-100, de Londres, caiu 0,13%, aos 5.188 pontos. Já o DAX, de Frankfurt, ganhou 0,15%, aos 5.946 pontos. O CAC-40, de Paris, por sua vez, desvalorizou 0,29%, aos 3.515 pontos.

Por aqui, o Ibovespa opera de lado desde o início dos negócios, registrando, há pouco, queda de 0,38%. Além da ausência de notícias externas de peso na sessão, os investidores incorporam parte dos ganhos obtidos ontem.

Na renda fixa, os juros futuros se ajustam para baixo. Instantes atrás, o Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2011 apontava taxa anual de 10,97%. E no câmbio, o dólar fechou a primeira etapa dos negócios em queda, vendido a R$ 1,81.

(Redação - Agência IN