Bancos investem R$ 19,402 bilhões em tecnologia em 2009

SÃO PAULO, 27 de maio de 2010 - O setor bancário brasileiro investiu R$ 19,402 bilhões em tecnologia no ano de 2009, valor 6% maior do que o registrado no ano anterior, segundo dados da pesquisa "O Setor Bancário em Números", feita pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e divulgada hoje.

Entre os setores tecnológicos, o Hardware recebeu R$ 5,187 bilhões, seguido por Telecom, com R$ 4,136 bilhões, Software de terceiros R$ 3,576 bilhões, Software próprio R$ 1,778 bilhão. Já o setor de infra-estrutura recebeu aportes de R$ 2,660 bilhões.

Para Gustavo Roxo, diretor de tecnologia da Febraban, os investimentos mostram que o setor de tecnologia das instituições bancárias brasileiras não sentiram o impacto da turbulência global iniciada em 2008. "O setor de tecnologia bancária passou bem pela crise. O crescimento de 6% acabou sendo um número surpreendente porque a instabilidade começou justamente quando os bancos estavam elaborando seus orçamentos para o ano seguinte", explicou.

No desmembramento por recursos computacionais usados pelas instituições, o maior crescimento foi da compra de discos de armazenamento com 48%, seguido pelas estações de trabalho, com 13%.

Por outro lado, a aquisição de servidores com sistema Linux subiu apenas 1%. Segundo Roxo, isso se deve ao não desenvolvimento de tecnologias complementares. "A compra de servidores Linux cresceu muito entre 2007 e 2008, mas ficaram estáveis. Um argumento é que alguns bancos investiram em tecnologia aberta e isso não criou processo evolutivo maior para as entidades", finalizou.

(Humberto Domiciano - Agência IN)