71% dos brasileiros e mexicanos veriam Copa no celular

SÃO PAULO, 27 de maio de 2010 - Mais de 70% dos funcionários no Brasil e no México assistiriam os jogos ao vivo através de seus celulares enquanto trabalham, se seus aparelhos possuíssem tecnologia de TV, de acordo com a nova pesquisa da Telegent System, companhia que produz a TV móvel.

Em uma região apaixonada por futebol, não é de se estranhar que mais de três quartos das pessoas no Brasil e no México pretendam assistir aos jogos da Copa ao vivo (77%), mas com os jogos sendo realizados durante o dia os fãs podem ficar afastados dos aparelhos de TV tradicionais. As TVs móveis transformam os celulares em aparelhos de TVs portáteis e um número similar (70%) afirmam que assistiriam ao vivo os jogos no ônibus e no trem, durante o almoço (62%) e até mesmo enquanto esperam na fila (59%), se seus celulares possuíssem este recurso.

A porta-voz da Telegent, Diana Jovin, afirmou. "Nós todos sabemos como é frustrante ouvir ou ler sobre um gol que foi marcado mesmo que seja um minuto depois. Em países como Brasil e México, diversas operadoras de celular têm reconhecido que conteúdos atraentes, como a Copa do Mundo, são oportunidades de aumentar o uso de TV móvel pelas pessoas e seu apetite pelo conteúdo ao vivo", ela continua. "Mesmo que grandes varejistas como Ponto Frio, Submarino e Americanas.com estejam vendendo os celulares habilitados pela Telegent com enorme sucesso, nossa pesquisa indicou que a demanda pela televisão de acesso gratuito móvel continua a maior que a oferta".

Diana prossegue. "De acordo com nosso levantamento, a maioria dos fãs de futebol na América Latina entrevistados (56%) acreditam que a autorização para assistir aos jogos ao vivo durante o trabalho possui um impacto positivo na moral".

Somente um em cada cinco habitantes não pretende desmarcar um encontro de trabalho ou deixar de estar em uma reunião para poder assistir aos jogos.

(Redação - Agência IN)