Serra diz que é possível equalizar tributos no varejo

SÃO PAULO, 11 de maio de 2010 - O ex-governador José Serra, em visita hoje ao 26º Congresso de Gestão e Feira Internacional de Negócios em Supermercados, em São Paulo, diz que "tudo deve ser feito para equalizar a carga tributária no setor varejista nacional". De acordo com Serra, o Estado de São Paulo tem bons exemplos na área como as substituições tributáveis e a nota fiscal paulista. "Estas ações visam diminuir a informalidade, a sonegação e, consequentemente, a concorrência desleal", explica.

A proposta vai ao encontro a uma importante prioridade do setor comentada pelo presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Sussumu Honda. "É importante reduzir ou eliminar os impostos de produtos da cesta básica, pois impostos penalizam os consumidores de baixa renda", diz.

O Secretário de Estado do Desenvolvimento, Luciano Almeida, que representou o Governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman, disse que "temos ciência da importância do setor varejista na economia nacional e nos colocamos à disposição para discutir e receber demandas no que diz respeito à reestruturação do sistema tributário para que o setor continue crescendo".

(Redação - Agência IN)