Procura por crédito cresce entre consumidores de baixa renda

SÃO PAULO, 11 de maio de 2010 - A demanda do consumidor por crédito recuou em abril e quase todas as faixas de rendimento pessoal mensal apresentaram quedas. Segundo o Indicador Serasa Experian, a exceção foram os consumidores de menor renda, cujos ganhos mensais não ultrapassam os R$ 500,00 (alta de 0,1%). Como esta faixa de consumidores foi a que mais demorou a reagir na sua demanda por crédito no ano passado, tais consumidores ainda estão apresentando, nestes últimos meses, uma procura por crédito mais acentuada do que as demais camadas sociais.

Entretanto, com o desempenho mais favorável registrado nestes últimos meses, os consumidores de baixa renda não lideram o crescimento acumulado anual em termos de demanda por crédito. Tal liderança fica por conta dos consumidores que se situam no outro extremo da pirâmide social: consumidores com rendimentos mensais acima de R$ 10.000,00 (+31,6% ante o 1º quadrimestre de 2009) e consumidores com ganhos mensais entre R$ 5.000,00 e R$ 10.0000,00 (alta de 22,1% no acumulado dos primeiros quatro meses de 2010).

(SSB - Agência IN)