Inflação imobiliária vai a 12% na China e afeta exportação brasileira

JB Online

PEQUIM - A China anunciou que a inflação imobiliária no país subiu e alcançou 12%, o que significa que o país terá de segurar seu crescimento no setor. Com isso, o Brasil poderá ter suas exportações para o gigante asiático afetadas, já que a China importa matéria prima do Brasil.