Socopa aposta em correção e mantém carteira da semana

SÃO PAULO, 10 de maio de 2010 - A Socopa Corretora Paulista optou por deixar inalterada a carteira recomendada para a segunda semana de maio, mantendo a maior parte da aposta no setor de siderurgia e mineração. Os papéis que compõem a carteira são: Agre, Gerdau, Vale, Tam, Cemig, Bradesco, Suzano, CSN, Lojas Americanas, Petrobras, Copel e Randon como boas opções de investimento.

As ações estão distribuídas da seguinte forma: 23,8% em siderurgia e mineração, 18,3% em energia elétrica, 10,5% em construção civil, 10% em consumo, 9% no setor de aviação, 8,2% em bens de capital e autopeças, 7,5% em bancos, 6,8% em petróleo e gás e 5,9% em papel e celulose.

Passada a volatilidade do início do mês, principalmente pelas incertezas com relação às dívidas soberana na Europa, com destaque para situação da Grécia e dos demais Piigs, a tendência é de que os papéis corrijam os exageros da última semana. No final de semana, autoridades européias chegaram a um acordo, com a ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI), para criação de um fundo de socorro para os países em dificuldades em honrar seus compromissos financeiros. O fundo pode chegar a ? 750 bilhões, com recursos europeus e do FMI.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)