Plano busca reforçar e proteger o euro, diz Merkel

SÃO PAULO, 10 de maio de 2010 - O fundo de 750 bilhões de euros aprovado no domingo pela União Europeia (UE) vai reforçar e proteger o euro, mas a Eurozona deve atacar os problemas na raiz e fortalecer a disciplina orçamentária, afirmou a chanceler alemã, Angela Merkel.

A chefe de Governo da Alemanha também pediu a todos os países da zona euro a consolidar as finanças públicas.

"É preciso atacar os problemas na raiz e verdadeiramente combater as causas das tensões que atualmente pesam sobre a moeda única europeia", declarou Merkel em uma entrevista coletiva.

Em seguida citou a necessidade de "consolidar o orçamento de todos os países da zona euro".

"As decisões adotadas no domingo permitirão reforçar e proteger o euro".

"Posso dizer aos meus compatriotas: estamos protegendo o dinheiro do povo da Alemanha", completou.

Ela também elogiou os anúncios feitos por Espanha e Portugal de esforços adicionais de economia em 2010 e 2011, que para Merkel representam "uma mensagem importante para os mercados".

(Redação com AFP - Agência IN)