Sarkozy fala de "mobilização geral" para defender a Zona do Euro

Agência AFP

BRUXELAS - O presidente da França, Nicolas Sarkozy definiu a reunião de cúpula realizada nesta sexta-feira, em Bruxelas, como "mobilização geral" para defender a Zona do Euro e falou, ao mesmo tempo, de uma "crise sistemática" na região, pelo que é preciso dotá-la de uma verdadeira governança econômica.

Logo em seguida, a chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que a Zona do Euro enviará um "sinal muito claro" aos especuladores, colocando em prática um mecanismo comum de apoio aos países confrontados a dificuldades.