Remuneração média do setor público eleva 30,3% em 5 anos

SÃO PAULO, 7 de maio de 2010 - A remuneração média do trabalhador brasileiro no setor público cresceu 30,3% entre 2003 a 2008, segundo a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), passando de R$ 1.655 para R$ 2.158. O total de trabalhadores - que compreende os setores Federal, Estadual e Municipal - passou de 7,2 milhões para 8,7 milhões nesse período.

Ainda de acordo com a secretaria do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), na relação por nível de escolaridade, a maior variação ocorreu em relação ao grau de instrução até 4ª série incompleta: houve expansão de 42,77% nos últimos cinco anos, de R$ 670,19 para R$ 956,80. O salário médio dos trabalhadores com Ensino Médio Completo teve alta de 24,16% passando de R$ 1.286,24 para R$ 1.596,96; e dos servidores com nível Superior Completo alcançou R$ 3.448,31 ao final de 2008, equivalente a um aumento de 20,21% desde 2003.

Por sua vez, na relação por grau de instrução, o número de trabalhadores analfabetos em todo setor público caiu de 46.983 para 33.604. Por outro lado, houve aumento no contingente de trabalhadores com Ensino Médio e Superior Completo.

Em 2003 a esfera pública contabilizava 2,32 milhões de servidores com Ensino Médio Completo, chegando a quase 3 milhões em 2008. Já o número de empregos com Superior Completo passou de 2,23 milhões para 3,12 milhões.

(Redação - Agência IN)