Kuwait nega que preço do petróleo prejudique a recuperação mundial

Agência AFP

AFP - O ministro do Petróleo do Kuwait descartou nesta segunda-feira, na abertura da 18ª Conferência do Oriente Médio sobre Petróleo e Gás, que o atual nível dos preços do combustível, em uma variação de 75 a 85 dólares o barril, possa travar a recuperação econômica mundial.

- Este ano, observamos estabilidade nas cotações do petróleo, que estão entre 75 e 85 dólares o barril - disse o ministro Ahmad Abdallah al-Sabah. "Este preço não vai representar obstáculos para a recuperação da economia mundial", completou.

O xeque Al-Sabah, cujo país é o quarto produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), afirmou ainda que o cartel só aumentaria a oferta de petróleo para moderar os preços caso o barril supere os 100 dólares.