Vendas do Tesouro avançam 77,4% em março

SÃO PAULO, 23 de abril de 2010 - As vendas do Tesouro Direto atingiram a marca de R$ 202,93 milhões em março, terceiro maior valor já registrado na história do programa, o que representou resultado 77,43% superior ao mês anterior e 13,37% superior ao observado em março de 2009. No mês, destaca-se a elevada demanda por títulos indexados ao IPCA (NTN-B e NTN-B Principal), cuja participação nas vendas atingiu 43,53%.

Os títulos prefixados (LTN e NTN-F), que possuem rentabilidade definida no momento da compra, ficaram em segundo lugar entre os mais vendidos, com participação de 39,69%. Os títulos indexados à taxa Selic (LFT) apresentaram participação de 16,78% nas vendas no mês.

As vendas de títulos com prazo entre 1 e 5 anos representaram 49,67% do total e os títulos com prazo acima de 5 anos corresponderam a 45,77% do total, reafirmando o papel do Tesouro Direto como opção de poupança de médio e longo prazo. O número total de investidores cadastrados ao fim do mês de março atingiu 183.514, o que representa incremento de 19,38% nos últimos doze meses. Em março, 3.658 novos participantes se cadastraram no Tesouro Direto.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)