Recuperação econômica británica desacelera na reta final das eleições

Agência AFP

LONDRES - A economia britânica, que saiu no final de 2009 de uma profunda recessão, sofreu uma desaceleração no primeiro trimestre, um golpe para o primeiro-ministro Gordon Brown que fez da recuperação o mote de sua campanha para as eleições de 6 de maio.

O Producto Interno Bruto (PIB) britânico registrou um crescimento de apenas 0,2% durante os três primeiros meses de 2010, o que supõe uma contração interanual de 0,3%, segundo a primeira estimativa divulgda nesta sexta-feira pelo Departamento Nacional de Estatísticas (ONS).

Para os economistas, que esperavam em média um aumento de 0,4%, este dado confirma a perspectiva de um crescimento lento e frágil em 2010, apesar de todos eles confiarem numa revisão em alta nos próximos meses.